Navios

Você sabe o que tem em um navio de cruzeiro? Veja 9 curiosidades!

julho 10, 2018
O que tem em um navio de cruzeiro
Tempo de leitura 7 min

Viajar em um cruzeiro é uma experiência inesquecível: quem já foi pretende voltar e quem ainda não foi tem curiosidade para conhecer. São tantas atrações e opções de entretenimento que fica até difícil escolher. Mas, para facilitar, listamos o que há de melhor na embarcação turística.

Então, separe os seus documentos, traga a sua mala e confira o que tem em um navio de cruzeiro. É hora de zarpar!

1. Vários destinos em um só

A duração de um cruzeiro pode ser curta ou longa, de quatro dias ou semanas, mas, independentemente do período, o roteiro passará por várias cidades e até países. É uma boa oportunidade de conhecer vários destinos em uma única viagem, com transporte, hospedagem e alimentação já inclusos, além de ter outras comodidades a bordo.

2. Experiências incríveis

Os cruzeiros são especializados em oferecer comodidade, segurança e proporcionar experiências incríveis. Uma viagem de navio é totalmente diferente de qualquer outra, pois une transporte e hospedagem. A estrutura e as opções de entretenimento complementam a gama de serviços do complexo. O hóspede recebe todo o conforto e assessoria para desfrutar da viagem, sozinho ou acompanhado. Assim, ele terá uma experiência única e completa, que certamente ganhará um valor afetivo.

Algumas embarcações também promovem noites formais que acontecem em cruzeiros com mais de 3  noites de duração.

Nos Itinerários com 7 noites, por exemplo, acontecem 2 noites formais: na primeira noite é realizado o Coquetel do Comandante e na segunda pode acontecer a festa do branco, uma festa de gala ou outra qualquer, como halloween ou carnaval veneziano, mas tudo vai depender da época do ano e itinerário do navio.

3. Serviços inclusos

Cada navio tem serviços e comodidades diferentes. Por isso, ao planejar a sua viagem, é preciso conferir as vantagens, antes de efetuar a compra. A alimentação merece atenção especial, pois você precisará comer todos os dias. Normalmente, todas as refeições estão inclusas no pacote, assim como alguns lanches e petiscos.

Existem restaurantes de especialidades que não estão inclusos no pacote. Eles têm um ambiente encantador e sua culinária é exclusiva. As reservas ficam disponíveis no Cruise Planner, um sistema de reservas online, com atendimento por ordem de chegada. Os valores cobrados dependem do restaurante escolhido, pode ser um valor fixo pelo serviço ou de acordo com o pedido, quando for à la carte.

Os pacotes de bebidas alcoólicas, tratamentos no spa, excursões e city tour nas escalas, além dos serviços de lavanderia e de internet, também não fazem parte do pacote. Já o entretenimento, o uso das piscinas e os shows nos teatros estão disponíveis a todos que ingressarem no navio.

As taxas portuárias são pagas quando o cliente fecha o pacote de viagem, e as atividades feitas fora do navio, como aulas de mergulho, são cobradas separadamente.

Exemplos de algumas atrações:

  • cassino;
  • cinema;
  • shows de patinação no gelo;
  • espetáculos de acrobacia e mergulho;
  • musicais da Broadway premiados com o Tony Award®.

Em resumo, o preço do cruzeiro inclui o transporte marítimo, a acomodação no navio, quase todas as refeições e algumas bebidas a bordo, bem como boa parte do entretenimento. Serviços extras como fotografias, internet, telefonemas, pacote de bebidas, alcoólicas ou não, e serviços médicos devem são pagos à parte.

4. Documentos necessários

Para viagens internacionais, o hóspede precisa ter passaporte com validade de pelo menos 6 meses após a data da viagem, dependendo do país. As viagens para o exterior também podem exigir vistos. A maioria dos cruzeiros sai de portos dos Estados Unidos e, nesses casos, é necessário adquirir o visto americano.

Itinerários que saem da Europa e da Ásia, ou de outro continente, também podem exigir visto, portanto, você deve consultar no roteiro os portos de embarque, desembarque e as paradas, para providenciar a documentação necessária. A solicitação do visto é de responsabilidade do viajante.

Para completar, o passageiro precisará apresentar o certificado de vacinação, com as vacinas exigidas pelos países visitados.

Os turistas brasileiros, geralmente, precisam ter o certificado internacional de vacinação contra a febre amarela. Mas, para tirar todas as dúvidas, procure o consulado dos países por onde você vai passar.

5. Diferentes públicos

Engana-se quem acredita que o cruzeiro é uma atividade exclusiva da terceira idade. É verdade que eles são o público que mais procura pelo serviço, mas existem atividades para todos os gostos, sejam eles:

  • jovens;
  • pessoas desacompanhadas;
  • com crianças;
  • com amigos e família;
  • na melhor idade.
  • românticos;
  • eventos corporativos.

Então, se você ainda não fez uma viagem como essa, está perdendo tempo!

6. Bagagem proibida

Os marinheiros de primeira viagem precisam ficar atentos na hora de preparar a bagagem, pois alguns itens são proibidos. O procedimento de segurança é semelhante ao adotado por companhias aéreas, portanto, não é surpresa para os hóspedes.

Armas de fogo e munição, drogas ilegais e itens que possam interferir na segurança, assim como líquidos inflamáveis, explosivos, substâncias químicas, materiais pontiagudos e perfurantes, alguns equipamentos esportivos e bebidas alcoólicas são proibidos. Essa é uma medida de segurança para todos que estão a bordo.

7. Velocidade e tamanho

A velocidade de um navio é de 22 nós, aproximadamente 40 km/h, mas podem atingir velocidades ainda maiores, chegando a mais de 50 km/h,

4 propulsores com 7.500 cavalos de potência cada (há mais potência que 7 Ferraris juntas, em cada propulsor), chamados de “bow thrusters”, são responsáveis apenas pela manobra “lateral” do navio, movendo a frente da direita para esquerda e vice-versa.

Apesar de velozes, os cruzeiros são confortáveis e proporcionam uma viagem tranquila.

Já o tamanho das embarcações é de impressionar, são verdadeiras cidades flutuantes. Com uma estrutura moderna e ambientes diversos, você pode se esquecer de que está em um navio. Um dos maiores navios de cruzeiros já visto tem 360 metros de comprimento por 64 metros de altura e capacidade para 5,4 mil passageiros. Um gigante! O Symphony of the Seas, por exemplo, é o maior navio do mundo.

8. Armazenamento de lixo e tratamento da água

Você já deve ter se perguntado para onde vai o lixo acumulado em um navio. Isso é importante, pois a preocupação com o meio ambiente é um dever de todos.

Para você ficar tranquilo, informamos que todos os navios têm compartimentos específicos para cada tipo de lixo. O material é separado, armazenado e processado em uma máquina especial. Durante paradas em algumas cidades, esse lixo é recolhido por  empresas especializadas, que ficam responsáveis pelo descarte adequado.

A água utilizada a bordo também recebe tratamento e se torna biodegradável, antes de ser despejada de volta ao mar. De toda forma, consulte ou pesquise sobre a política de respeito ao meio ambiente adotada no navio.

9. Segurança em casos de acidente

Outra dúvida comum em viagens de cruzeiro é a respeito da segurança a bordo. Qual o procedimento realizado em casos de acidente? Primeiro você precisa saber que os navios devem obedecer à diversas regras e exigências de segurança para operar e que eles são vistoriados com frequência. Segundo a Associação Internacional de Cruzeiros (CLIA), os acidentes são extremamente raros.

Mesmo assim, antes da partida do navio, todos os hóspedes e a tripulação passam por um “Treinamento simulado de emergência”, para saber o que fazer e para onde ir, em uma eventual emergência. Esse procedimento de segurança busca deixar os hóspedes familiarizados com orientações de evacuação e equipamentos como botes e coletes salva-vidas.

Tudo o que tem em um navio de cruzeiro foi previamente estudado e calculado para oferecer segurança e conforto, então você pode ficar tranquilo, escolher o destino e embarcar nessa aventura. Depois da primeira viagem, você vai desejar acumular mais milhas náuticas pelo mundo.

Gostou do texto? Então compartilhe esse conteúdo nas redes sociais! Ele vai esclarecer as dúvidas dos seus amigos, que podem virar seus companheiros a bordo.

No votes yet.
Please wait...

Você também pode gostar

3 Comentários

  • Responder Tânia Amaral agosto 31, 2018 at 12:20 am

    Já fiz quatro cruzeiros, mas com a Royal Caribbean AINDA é um sonho a conquistar🤔
    Pela pesquisa, tenho a sensação de tratar de uma experiência de elegância, descanso, encontros, delícias,….
    👏🏻👏🏿👏

    No votes yet.
    Please wait...
  • Responder Eliana agosto 31, 2018 at 4:15 pm

    Já fiz três cruzeiros com a Royal Caribbean, o que eu mais gostei foi a bordo do Freedom , tripulação cordial,excelente organização, comida maravilhosa. Voltaria e indicaria

    No votes yet.
    Please wait...
  • Responder Lucia setembro 13, 2018 at 6:14 pm

    Eu já fiz três viagens com a Royal Caribean. Acabei de chegar de uma que saiu de Orlando. Pretendo fazer outras viagens.
    Gostaria que todos os navios tivessem o que eles chamam de Embaixador, é um profissional que ajuda você em orientações, falando Português, inclusive sobre opções de passeios nas paradas. No caso eu não quis comprar os passeios oferecidos. Foi o que pude contar no Cruzeiro que fiz da Royal, saindo de Porto Rico. Foi sensacional contar com essa ajuda.
    Não me arrisco a fazer Cruzeiro com outra Companhia, faria de novo com a Royal.

    No votes yet.
    Please wait...
  • Deixe um comentário

    Scroll Up